12 de jul de 2011

Diretor de patentes da Apple deixará a empresa, diz fonte


Apple está envolvida em diversas ações em torno de patentes de celulares.
Empresa foi multada em US$ 8 milhões por uso indevido de tecnologia.



O diretor jurídico de patentes da Apple deixará a empresa em breve, de acordo com uma fonte familiarizada com a situação. A companhia de Steve Jobs está envolvida em um número crescente de processos em torno de patentes relacionadas a smartphones, no geral contra fabricantes de celulares que usam o sistema operacional concorrente, Android.

Não se sabe por que Richard “Chip” Lutton Junior, que dirige o departamento de patentes da Apple, vai deixar a empresa. No entanto, BJ Watrous, antigo vice-presidente jurídico da HP, passou a ser listado como vice-presidente jurídico da Apple, de acordo com a página do executivo no LinkedIn.
Na segunda-feira (11), a Apple foi multada por um tribunal do Texas em US$ 8 milhões por violação de patente pelo uso de listas de reprodução do iPod. A ação foi movida pela empresa de licenciamento de patentes Personal Audio, de Beaumont, no Texas. O processo foi aberto em 2009 e a empresa alegou que possuía patentes de listas de reprodução que permitia aos usuários avançar ou retroceder entre as faixas.

Batalhas
Disputas judiciais se tornaram comuns no setor de celulares desde que o Google ingressou no mercado com seu sistema operacional gratuito Android, conquistando uma grande parcela do mercado de celulares inteligentes. O Android se tornou a plataforma de software líder da telefonia móvel em 2011.

Muitas das disputas judiciais envolvem patentes de software e podem ser vistas como ataques indiretos ao Android, mas a Apple também está agindo contra a Samsung por plágio de seu design.

Em junho, a Apple se aliou à Microsoft, à Research in Motion (fabricante do BlackBerry) e a três outras empresas de tecnologia para derrotar o Google em um leilão para adquirir por US$ 4,5 bilhões o acervo de cerca de 6 mil patentes da Nortel Networks.

Nenhum comentário: